"Abre a tua boca a favor do mudo... - Provérbios 31:8" ANO 25  
Menu
Início
Notícias
Nossa História
Artigos
Links
Fale Conosco
Fotos & Flashs
Enquetes
Igreja Presbiteriana
Audio (Podcast)
Video
Biblia Online
Teatro
Quem somos?
Peças
Oficina
Agenda
Notícias
Música
Quem somos?
Homenagem
Agenda
Notícias
Jornalismo
Quem somos?
Jornal ENFOK
Projetos
Agenda
Notícias
Procurar


Nossa História PDF Imprimir E-mail

Image Em 15 de novembro de    1 9 9 0, cinco adolescentes, integrantes do antigo jornal da UPA (União Presbiteriana de Adolescentes), o Fato‘s e Papo‘s, resolveram se reunir com o intuito de dar um passo maior na vida missionária. Terminava o ciclo do informativo local e nascia o Ministério Operação Reconstrução. E assim tem sido desde então, um ministério voltado para a evangelização e exortação, com três áreas atuantes: Louvor, através da Banda Reconstrução; a Cia. de Teatro Gospel Reconstrução; e o Jornal Enfok (antigo Sinforme Urgente!). Com uma visão interdenominacional, esse grupo tem podido voar mais longe, atravessando barreiras que, dificilmente seriam transpostas, se tal filosofia não fosse posta em prática. Em outras palavras, a idéia de não pregar dogmas doutrinários locais, uso e costumes, etc., tem feito com que o Grupo MOR tenha livre acesso entre igrejas de outras denominações e, não somente nas igrejas Presbiterianas.

Cia Reconstrução de Teatro Gospel

ImageDramas, comédias, comédias românticas, sátiras, e porque não sátiras? Nascido num tempo em que teatro era coisa do “inimigo”, “ Bicho-de-sete-cabeças”, ou algo para ser encenado exclusivamente em “sociais”, como eram conhecidas as noitadas jovens, na década de noventa, alguns empecilhos se tornaram barreiras “intransponíveis”, que foram sendo quebrados com o auxílio de muita oração e perseverança, à medida que tal movimento foi ganhando crédito por parte das lideranças locais. E o que era um bicho-de-sete-cabeças, se tornou em instrumento fundamental para a evangelização e também para a exortação e fortificação da igreja. Hoje, dificilmente, aqui no Nordeste brasileiro, alguma igreja não disponibiliza algumas ferramentas do teatro, inserida na liturgia. Dentre nossas peças, as mais antigas que estão em cartaz, destacam-se: E agora José? A História; e Portas. A primeira,  escrita em 1990, conta a saga de um pastor (José) que se vê envolvido num esquema de corrupção, prostituição e tráfico de drogas – sua luta é provar a sua própria inocência. Já Portas, foge do estilo contemporâneo. Mostra a história de duas portas, que representam a escolha do ser humano, e no final, as conseqüências desta escolha. Mais atual, Bartimeu (2000), a primeira comédia romântica, conta a história de um camelô, chamado Bartimeu que se apaixona pela vilã, Elisete. Seu sonho era ganhar na loteria e ser feliz. O mais recente lançamento da companhia foi “O Caso Emily” (2006), menina problemática que julga ter sonhado que seria seu último dia de vida, e resolve atender ao chamado de Deus.
Banda Reconstrução

ImageA Banda Reconstrução possui um estilo eclético, com diversas seleções, uma para cada ocasião, tem se destacado pelo respeito ao público, a medida que sabe tocar as músicas convenientes, pelas igrejas porque tem passado. O seu maior objetivo é o lançamento de seu primeiro CD.
Tem inovado no seu estilo por agregar ao sua equipe uma "Bancada de Metais", que traz um som "Brasileiro" ao grupo sem esquecer do regionalismo que é presenciado pela Banda no seu repertório. Consegue adaptar seu repertório para igrejas e para programações externas como palcos e Trios Elétricos.

Jornal Enfok

ImageJá o informativo Enfok, depois de um longo período hibernando, volta a circular, com uma edição, ainda que limitada pelo problema financeiro, mas, homenageando o ministério, no seu 16º aniversário. Ainda que com uma tiragem tímida, se comparado com cinco ou seis mil exemplares, que atravessavam  o Estado   de Pernambuco e  outros da federação, tem como principal objetivo, voltar a exercer seu papel de integração entre as mais variadas denominações, como também “por a mão na ferida”. Pois o Enfok entende que, determinados problemas crônicos, que acontecem nos bastidores das igrejas só serão solucionados a partir de uma visão crítica, fundamentada, que leve a um compromisso de solucioná-lo.


Última atualização em Ter, 31 de Outubro de 2006 21:06
 
Enquete
On-line
Nós temos 46 visitantes online
Últimas Notícias
Mais Lidos
O Ministério Operação Reconstrução é Afiliado a Igreja Presbiteriana de Rio Doce - Olinda-PE